Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ó Srª Engenheira!

Engenheira civil com uma grande afinidade com a sustentabilidade. Nesta minha casa virtual quero partilhar convosco o mundo da construção de uma forma acessível e agradável, a pensar no conforto de todos e no ambiente.

Ó Srª Engenheira!

Engenheira civil com uma grande afinidade com a sustentabilidade. Nesta minha casa virtual quero partilhar convosco o mundo da construção de uma forma acessível e agradável, a pensar no conforto de todos e no ambiente.

Será Portugal o país mais sustentável do mundo?

Portugal vive uma época próspera para o turismo. Há grandes investimentos e benefícios para adaptar edifícios para a actividade turística. Mas estaremos a implementar princípios de sustentabilidade a este turismo de "massa"?

 

Ana Mendes Godinho, Secretária de Estado do Turismo, sustenta o objetivo de tornar o nosso país no mais sustentável do mundo, criando valor e iniciativas em todo o território nacional, ao longo de todo o ano, com consciência sustentável (economia, social e ambiental).

 

Em 2018,  a SDSN (Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável da ONU) divulgou um ranking dos países mais sustentáveis do mundo, sendo a sua avaliação feita através do índice SDG que tem em consideração o cumprimento das metas dos ODS. Assim, o país merecedor do 1º lugar foi a Suécia. E porquê a Suécia?

 

Este país apresenta algumas ideias e iniciativas que estimulam a população a manter uma vida sustentável, assim como, procuram constantemente em criar soluções inovadoras para tornar o pais mais ecológico e sustentável. Assim, tem-se alguns exemplos:

 

-> Reciclagem: A Suécia recicla 1,5 bilhão de garrafas e latas por ano. Em termos de lixo , os suecos produzem aproximadamente 461 kg de resíduos por ano e menos de 1% acaba em aterros sanitários.

 

-> Produção de energia: O gás produzido na incineração do lixo é utilizado para o funcionameno de turbinas e geradores de produção de energia eléctrica, reduzindo assim as toxinas que se infiltram no solo, aquando os aterros sanitários.

 

-> Meios de transporte: de acordo com uma pesquisa da empresa Siemens, 93% dos suecos vão para o trabalho a pé, de bicicleta ou de transportes públicos. 

 

-> Centro comercial só com produtos reciclados: Chama-se ReTuna Återbruksgalleria, e nele encontram-se apenas produtos reciclados. Tem 14 lojas, um restaurante, uma área de exposição e um espaço educacional onde os suecos interessados ​​podem aprender a reciclar ainda mais. Os visitantes podem levar ao depósito do centro comercial objectos que já não usam, desde brinquedos a móveis, roupas, objetos decorativos e dispositivos eletrónicos. Após seleção, os objectos podem sofrer reparação, conversão ou aperfeiçoamento e depois são colocados à venda, ganhando dessa forma uma nova vida.

A sustentabilidade começa no comportamento e mentalidade da população, na criação e implementação de hábitos e o que podemos aprender com paíeses como a suécia é a consciensiaçiação de cada um de nós para esta prática.

 

Não esperemos pelos incentivos do governo. Cada um, com pequenos gestos e acções consegue fazer a sua parte para tornar um país mais sustentável. E quem sabe um dia não colocaremos Portugal numa ótima posição deste ranking. 

 

sustentabilidade.png

 

 

2 comentários

Comentar post